UOL Notícias Notícias
 

12/12/2006 - 22h48

Mais de 30 são detidos por tráfico de drogas e venda de armas no Harlem

Nova York, 12 dez (EFE).- Trinta e três pessoas foram detidas durante uma grande operação contra o tráfico de drogas no bairro nova-iorquino do Harlem, informou hoje a Promotoria de Manhattan.

Outras 13 pessoas supostamente implicadas nessas e em outras atividades criminosas estão foragidas.

A operação, cujo objetivo era coibir o tráfico de drogas e a venda ilegal de armas na região, foi resultado de uma investigação de quase dois anos levada a cabo pelo escritório do promotor Robert Morgenthau e o Departamento de Polícia.

A maioria dos detidos pertence a duas gangues rivais que traficavam cocaína e PCP, entre outras drogas, e desenvolviam suas atividades no centro e no leste do Harlem, perto de vários conjuntos habitacionais.

A droga sintética PCP, também conhecida como "angel dust", entre outros nomes, distorce a percepção e pode ser inalada, ingerida ou fumada com folhas de menta, maconha ou produtos similares.

A Promotoria acredita que o tráfico de drogas gerava para a gangue dos King Towers mais de US$ 1 milhão ao ano. Já os integrantes do Schomburg Crew conseguiam mais de US$ 500 mil com vendas similares.

Dois dos detidos foram acusados de vender uma pistola a um detetive disfarçado. Outro foi preso por vender 11 armas a um outro policial.

Os investigadores apreenderam um grande número de armas durante a operação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h29

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host