UOL Notícias Notícias
 

30/12/2006 - 07h21

Japão mantém apoio ao Iraque após execução de Saddam

Tóquio, 30 dez (EFE).- O Primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, afirmou hoje que seu país continuará apoiando o Iraque após a execução do ex-presidente Saddam Hussein, informaram fontes oficiais.

"O Japão espera que a estabilidade chegue ao Iraque e continuará levado seu apoio ao país", disse um comunicado divulgado pela agência "Kyodo".

Abe é o sucessor de Junichiro Koizumi, o ex-primeiro-ministro que ofereceu seu apoio aos Estados Unidos na invasão do país e enviou tropas japonesas para trabalhos de reconstrução na região de Samawa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h29

    -0,55
    3,127
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h35

    -0,38
    75.317,50
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host