UOL Notícias Notícias
 

21/01/2007 - 15h33

Empresa é proibida de colocar anúncio procurando pessoa que fale alemão

Londres, 21 jan (EFE) - Uma agência de colocação no mercado de trabalho de Walsall, no Reino Unido, proibiu uma empresa de colocar em seus estabelecimentos um anúncio procurando um funcionário que falasse alemão, com a alegação de que violaria as leis contra a discriminação no trabalho.

A empresa Albion, que fabrica selas para cavalos de competição no mundo inteiro, precisa de um empregado que fale alemão para negociar com um novo cliente, a Escola Espanhola de Equitação de Viena.

No entanto, em um claro ataque de correção política, a agência local de colocação disse que o anúncio violava a legislação vigente e, por isso, não poderia ser colocado no local, publicou hoje o dominical "Sunday Express".

A gerente da Albion, Heather Hanley, deixou claro à agência de colocação que não fazia diferença se os candidatos fossem alemães, britânicos ou de qualquer outra nacionalidade, pois o único requisito era que falassem alemão fluentemente.

"A resposta que recebemos era que o anúncio discriminava as pessoas que não dominam alemão. São loucos", criticou Hanley, que disse ao jornal que escreveu ao primeiro-ministro britânico, Tony Blair, para denunciar o ocorrido.

"Colocamos o anúncio em um jornal, que não fez a mesma objeção, mas até agora nenhum candidato aceitável se apresentou", acrescentou a gerente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h39

    0,42
    3,160
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h47

    -0,20
    68.457,77
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host