UOL Notícias Notícias
 

02/02/2007 - 23h02

Gripe aviária mata mil perus em fazenda da Inglaterra

Londres, 3 fev (EFE).- Um surto de gripe aviária é responsável pela morte de quase mil perus em uma fazenda nos arredores de Halesworth, no condado de Suffolk (leste da Inglaterra), informou hoje o Governo britânico.

Os veterinários do Ministério do Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais confirmaram que as aves morreram pelo vírus H5 da gripe, apesar de ainda não haver informações sobre a possibilidade de se tratar da variante mais virulenta, H5N1, que pode ser transmitida a humanos.

Os analistas do Governo efetuarão mais análises nos animais e os resultados serão divulgados nas próximas horas.

Cerca de 160 mil aves de curral serão sacrificadas para evitar a propagação do vírus, assegurou a "BBC", que informou que a fazenda onde os perus afetados eram criados pertence a Bernard Matthews e está situada em Holton, nas proximidades de Halesworth.

Uma porta-voz do Ministério explicou que a primeira notícia da morte das aves foi recebida na quinta-feira à noite e imediatamente começaram as restrições à área afetada.

"Uma exaustiva investigação começou às 09h (07h em Brasília) da sexta-feira e foram enviadas amostras aos laboratórios veterinários de Weybridge para serem analisadas", acrescentou.

Segundo a "BBC", foi o próprio granjeiro que alertou as autoridades ao observar um incomum "índice de mortalidade significativo" em sua criação.

Entre 80% e 90% dos perus mostravam sintomas de doença, como falta de apetite e mal-estar geral, típicos da gripe, assinalou a emissora.

Existe um total de quinze tipos de gripe aviária, dos quais os mais contagiosos são o H5 e o H7, que costumam ser letais em aves.

Do variante H5 há nove tipos, cada um deles com um grau diferente de potência, alguns muito patógenos e outros quase inofensivos.

O H5N1 é o que até agora causou mais de cem mortes de humanos no mundo todo, especialmente no sudeste asiático.

Os analistas temem que esta variante possa mutar até ser capaz de se transmitir entre as pessoas, o que poderia desencadear uma pandemia.

Em maio do ano passado, mais de 50 mil frangos foram sacrificados no condado de Norfolk, também no leste da Inglaterra, após um foco do vírus H7 da gripe aviária.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host