UOL Notícias Notícias
 

12/02/2007 - 18h10

Rússia pede explicações por declarações do chefe do Pentágono

Moscou, 12 fev (EFE).- Moscou pediu explicações a Washington sobre as declarações sobre a Rússia feitas na semana passada no pelo secretário de Defesa, Robert Gates, no Congresso americano, informou hoje o porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores russo, Mikhail Kaminin.

"Pedimos através do embaixador americano explicações sobre se as declarações de Robert Gates correspondem à posição oficial da Administração dos Estados Unidos", disse Kaminin, citado pela agência de notícias russa "Interfax".

Em discurso no Congresso, o novo chefe do Pentágono apontou a Rússia como uma potencial ameaça para os EUA.

"Não sabemos o que vai acontecer em lugares como Rússia e China, na Coréia do Norte, no Irã e em outras localidades", disse Gates, que fez referência aos "incertos roteiros" de China e Rússia, que desenvolvem programas sofisticados para modernizar suas Forças Armadas.

O porta-voz da Chancelaria russa declarou que, em Moscou, as autoridades "prestaram atenção nas palavras do secretário americano".

"Ainda mais que, ultimamente, mais de uma vez foram ouvidas da boca de altos funcionários do Departamento de Defesa e do serviço secreto dos EUA declarações sobre a Rússia que nos deixam perplexos", destacou Kaminin.

O funcionário acrescentou que a impressão é que todas estas declarações se inscrevem num "certo sistema de considerações negativas" a respeito da Rússia.

Na sexta-feira passada, em uma conferência internacional sobre segurança realizada na cidade alemã de Munique, o presidente russo, Vladimir Putin, acusou os EUA de tentar construir um mundo unipolar, mediante ações unilaterais à margem da legalidade internacional.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h19

    -0,59
    3,264
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h20

    0,99
    63.855,40
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host