UOL Notícias Notícias
 

14/02/2007 - 15h20

Natasha Kampusch se prepara para primeiro aniversário em liberdade desde 1998

Viena, 14 fev (EFE).- Natascha Kampusch, a jovem de 18 anos que ficou seqüestrada desde os dez em um minúsculo cativeiro subterrâneo nos arredores de Viena, prepara-se para celebrar no próximo sábado seu primeiro aniversário em liberdade desde 1998.

Kampusch pretende cumprir 19 anos "festejando consigo mesma e com sua família", disse à televisão pública "ORF" seu assessor de imprensa, Stefan Bachleitner.

A emissora de TV lembrou que nos oito aniversários anteriores a jovem passou no cativeiro imposto por Wolfgang Priklopil, seu seqüestrador, que costumava presenteá-la com um bolo nessa data, mas ao mesmo tempo também a batia e a obrigava a cozinhar e limpar a casa, como todos os dias.

Bachleitner insistiu em que Kampusch deseja uma festa "totalmente privada", sem nenhum acesso para a imprensa.

Desde sua surpreendente libertação, em agosto de 2006, a jovem cuja história comoveu a opinião pública mundial avançou em seus esforços por criar uma nova vida.

Atualmente, sua máxima prioridade é recuperar a formação escolar que perdeu devido ao cativeiro, e para isso recebe entre oito e doze horas semanais de aulas particulares em sua casa de Viena, explicou o assessor de imprensa da jovem.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    -0,30
    3,159
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host