UOL Notícias Notícias
 

21/02/2007 - 17h52

Israel detém três membros das Brigadas dos Mártires de al-Aqsa na Cisjordânia

Jerusalém/Ramala, 21 fev (EFE).- Três membros das Brigadas dos Mártires de al-Aqsa, milícia ligada ao Fatah, foram detidos hoje por forças de segurança israelenses na Cisjordânia, segundo fontes israelenses e palestinas.

Mohammed Hassan Mohammed Abed Rabá foi detido em Beit Yalá, em uma operação conjunta do Exército e da Polícia israelense, informaram fontes de segurança israelenses.

Este militante era procurado pelas forças de segurança israelenses, por suas atividades no "Tanzim" (nome pelo qual o serviço secreto israelense se refere a qualquer milícia vinculada ao Fatah, segundo uma terminologia anterior aos Acordos de Oslo de 1993).

Rabá é acusado de estar envolvido no planejamento de ataques armados contra o assentamento de Har-Homá, entre Jerusalém e Belém.

O Exército israelense informou ainda a detenção de outro integrante da milícia, Saad Shada Mohammed Mathali, no acampamento de refugiados de Al-Amari, próximo à cidade de Ramala.

O ativista detido na operação, efetuada unicamente por militares, é suspeito de ter participado de ataques armados em Ramala, segundo a mesma fonte.

Unidades especiais do Exército israelense detiveram hoje o líder das Brigadas de Mártires de al-Aqsa Said Hijadi, no campo de Kalandia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host