UOL Notícias Notícias
 

26/02/2007 - 11h36

Violência deixou 318 mortos no Iraque na semana passada

Bagdá, 26 fev (EFE).- Um total de 318 pessoas morreu e outras 965 ficaram feridas na onda de violência que atingiu diferentes áreas do Iraque na semana passada, informou hoje o Ministério de Saúde Pública iraquiano.

Estas mortes foram registradas entre 18 e 25 de fevereiro, afirma um comunicado, que também indica que o número de vítimas fatais inclui um total de 118 corpos de iraquianos assassinados a tiros e que tinham sinais de torturas.

O cálculo aparece no 13º dia da entrada em vigor do novo plano de segurança em Bagdá, imposto pelo Governo do primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, para colocar fim à onda de atentados explosivos e confrontos que assola a capital iraquiana.

Além disso, o Ministério da Defesa iraquiano informou que 55 homens suspeitos de pertencer à resistência e a grupos terroristas foram capturados pelas forças de segurança nas últimas 24 horas, em Bagdá e na província de Salah ad-Din, ao norte da capital.

O novo plano de segurança aplicado em Bagdá, que conta com a participação de mais 85.000 soldados iraquianos e americanos, não conseguiu impedir os atentados, já que neste domingo um ataque suicida em uma universidade da capital deixou pelo menos 40 mortos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host