UOL Notícias Notícias
 

26/04/2007 - 07h32

"BBC" afirma que imigrantes são explorados no Reino Unido

Londres, 26 abr (EFE).- Alguns imigrantes do Leste Europeu que vêm trabalhar no Reino Unido são sistematicamente enganados e explorados, no que parece uma forma de escravidão moderna, segundo uma investigação da rede britânica "BBC".

Um jornalista lituano que se fez passar por imigrante descobriu uma nova forma de tráfico humano, no qual os trabalhadores vivem em difíceis condições e recebem menos que o salário mínimo, de £ 5,35 (? 7,8) por hora.

O jornalista, Audrius Lelkaitis, que fez parte da investigação da "BBC", pagou muito dinheiro a agências de emprego na Lituânia e no Reino Unido em troca de trabalho em Hull, mas ao chegar à cidade, no nordeste da Inglaterra, foi informado que não começaria a trabalhar imediatamente.

Quando finalmente conseguiu trabalho, mas sem um contrato por escrito, o jornalista recebeu - após 120 horas de trabalho - £ 47 (? 69) por apenas vinte horas, como afirmou a "BBC" na quarta-feira à noite.

O diretor de programas do Centro de Tráfico Humano do Reino Unido, Grahame Maxwell, disse que é "uma exploração trabalhista".

"Há certos elementos (de exploração), engano e movimento de pessoas com a expectativa de que seja pago a elas um salário razoável e apropriado", disse Maxwell, que qualificou o caso de "escravidão moderna".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    14h50

    0,04
    3,268
    Outras moedas
  • Bovespa

    14h53

    1,79
    63.786,55
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host