UOL Notícias Notícias
 

30/04/2007 - 13h39

Olmert não tem intenção de renunciar, diz secretário do Governo

Jerusalém, 30 abr (EFE).- O primeiro-ministro israelense, Ehud Olmert, não tem intenção de renunciar apesar das duras conclusões preliminares da Comissão Winograd que averiguou os fracassos do conflito no Líbano, entre julho e agosto de 2006, disse hoje um alto funcionário do gabinete.

Em declarações à rádio pública israelense, o secretário do gabinete, Yisrael Maimon, disse que Olmert "não está considerando renunciar".

O primeiro-ministro, segundo a emissora, deve comparecer ainda hoje perante os meios de comunicação.

"É correto dizer com a maior clareza possível: o relatório enumera dificuldades, fracassos e erros de todos os dirigentes, incluindo o primeiro-ministro", acrescentou Maimon. "A pergunta é: e agora, o que fazemos?", questionou.

O Partido Kadima, que é liderado por Olmert, pediu hoje à oposição e à opinião pública israelenses que não transformem o Relatório Winograd sobre o conflito no Líbano em uma arma política.

"Recomendo ler o relatório de forma detalhada e profissional e não transformá-lo em uma arma de ataque político", disse o deputado Yoel Hason, desta formação.

Segundo Hason, o primeiro-ministro deverá "fazer reajustes em seu Governo" e "aplicar as recomendações da comissão com vistas aos desafios do futuro".

A Comissão Winograd responsabilizou hoje o primeiro-ministro, o titular da Defesa, Amir Peretz, e o então chefe do Estado-Maior, general Dan Halutz, pelo fracasso do confronto.

"Consideramos o primeiro-ministro o responsável político e pessoal dos erros nas decisões tomadas", indica o relatório, anunciado aos meios de comunicação em entrevista coletiva em Jerusalém.

O ministro da Indústria e Comércio, Eli Yishai, do partido ultra-ortodoxo Shas, no Governo, pediu que não se abra "uma guerra interna".

A oposição de direita e de esquerda, no entanto, pediu a renúncia de Olmert e dos membros de seu Executivo.

A oposição pacifista também expressou suas reservas sobre a possibilidade de Olmert continuar sendo primeiro-ministro.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h49

    -0,55
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h52

    1,39
    64.104,14
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host