UOL Notícias Notícias
 

30/04/2007 - 03h52

Onze corpos são encontrados nas últimas horas em Bagdá

Bagdá, 30 abr (EFE).- Os corpos de onze pessoas apareceram nas ruas da capital iraquiana nas últimas 24 horas, a maior parte com sinais de tortura, disseram fontes da Polícia local.

Os corpos foram encontrados com as mãos atadas e os olhos vendados, o que faz pensar que se trate de novos episódios da violência sectária entre xiitas e sunitas, que se manifesta nestes assassinatos a sangue frio.

Após encontrar os cadáveres, a Polícia os transferiu a um centro médico legista para proceder suas identificações.

Outro episódio de seqüestro foi resolvido, neste caso de maneira feliz, já que os nove agentes do Ministério de Segurança Nacional (entre eles um alto oficial) seqüestrados ontem foram postos em liberdade em uma zona do norte de Bagdá.

O habitual é que quando policiais ou funcionários do Governo são seqüestrados, acabem assassinados na valeta de alguma estrada.

Na província sunita de Salah ad-Din, ao norte de Bagdá, um general da Polícia foi seqüestrado ontem à noite em sua residência, em Baiji.

O oficial foi identificado como Abdala Mahmoud, chefe da Polícia judicial nesta província onde os grupos insurgentes sunitas são muito ativos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,32
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,56
    63.760,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host