UOL Notícias Notícias
 

15/05/2007 - 00h14

Incêndio em seção eleitoral nas Filipinas causa duas mortes

Manila, 15 mai (EFE).- Dois professores morreram ontem à noite quando desconhecidos incendiaram uma escola ao sul de Manila, que funciona como seção eleitoral, e um policial foi assassinado no norte do país quando vigiava um centro de votação, informou hoje a imprensa local, citando a Polícia.

A rádio "DZRH" informou que cinco homens armados invadiram a escola elementar de Pinagbayanan, 100 quilômetros ao sul de Manila, quando os professores estavam finalizando a apuração de votos das eleições legislativas de segunda-feira no povoado, da província de Batangas.

Testemunhas declararam que os homens despejaram um líquido sobre as urnas. Depois, houve uma explosão e as chamas destruíram grande parte do interior da escola.

Também ontem à noite, um policial que vigiava uma seção eleitoral foi baleado por vários homens no povoado de Solsona, 400 quilômetros ao norte de Manila. A Polícia não deu mais detalhes.

Horas antes, no encerramento da votação, a Polícia informou que 126 pessoas morreram e 148 ficaram feridas nos atos violentos registrados desde janeiro, quando começou a campanha eleitoral. Os mortos incluem 60 candidatos e 66 políticos e militantes dos diferentes partidos.

O resultado da apuração final ainda vai demorar várias semanas para ser anunciado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h39

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h48

    -0,63
    75.524,62
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host