UOL Notícias Notícias
 

16/05/2007 - 23h28

Aspirina reduz o risco de eclâmpsia, segundo estudo

Londres, 16 mai (EFE).- A aspirina e todos os remédios antiplaquetas reduzem o risco de eclâmpsia, complicação da gravidez caracterizada por uma tensão arterial alta e inchaço nas pernas, segundo um estudo de cientistas do Reino Unido e Austrália.

A revista médica britânica "The Lancet" publica em seu site os resultados da pesquisa, acompanhados de um comentário no qual dois especialistas americanos advertem que, antes de tomar os remédios, as grávidas devem consultar um médico sobre os riscos potenciais.

Para constatar os benefícios da aspirina, os cientistas fizeram uma metanálise, estudo que utiliza os resultados de trabalhos anteriores, com mais de 32 mil mulheres e seus bebês.

Eles descobriram que o risco de eclâmpsia, de um parto prematuro e de um fim de gravidez complicado era 10% menor entre as mulheres que tinham tomado aspirina ou outro remédio antiplaquetas.

"Nossos resultados mostram que os agentes antiplaquetas produzem moderadas mas consistentes reduções no risco de eclâmpsia e em suas conseqüências", afirmam os autores da pesquisa no artigo.

Os especialistas não detectaram nenhum efeito significativo dos remédios no risco de vida para o feto ou o recém-nascido, no maior ou menor tempo de gestação do bebê, nem na perda de sangue da mãe ou do filho.

Por enquanto, as causas da eclâmpsia são desconhecidas. Mas as complicações nas artérias da mãe durante as primeiras semanas de gravidez podem causar um fluxo irregular do sangue para a placenta, originando coágulos sanguíneos e a morte do tecido.

O processo pode ativar as plaquetas e o sistema de coágulos, criando um desequilíbrio hormonal que desacelera o fluxo do sangue e que pode ser neutralizado com drogas como a aspirina.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host