UOL Notícias Notícias
 

16/05/2007 - 07h11

Chirac deixa Palácio do Eliseu após 12 anos na Presidência

Paris, 16 mai (EFE).- Jacques Chirac deixou hoje o Palácio do Eliseu após passar 12 anos à frente do Estado francês, passando os poderes a seu sucessor, Nicolas Sarkozy.

Chirac foi acompanhado até seu carro oficial por Sarkozy, com quem se reuniu no escritório presidencial durante 35 minutos. Na conversa, ele entregou os códigos secretos de ativação das armas nucleares da França, uma das principais prerrogativas e responsabilidades do chefe de Estado.

Sorridentes, os dois posaram para os fotógrafos e se cumprimentaram.

Após receber os aplausos de seus colaboradores e do pessoal do Palácio, Chirac entrou no seu veículo oficial e abandonou o Palácio do Eliseu.

Sarkozy aplaudiu o antecessor, acenou e esperou que o veículo de Chirac tivesse abandonado o pátio de honra para em seguida retornar ao Palácio.

Em seu último discurso aos franceses como presidente da França, Chirac expressou ontem à noite seus votos de que Sarkozy conduza a França pelo "caminho do futuro" e disse que deixa o cargo com "o orgulho do dever cumprido e a confiança no futuro" do país.

Chirac pediu que os franceses "sigam sempre unidos e solidários" com a sua "capacidade imensa de criatividade e de solidariedade".

Agora, Chirac dividirá seu tempo entre seu novo lar (um apartamento junto ao Sena, em frente ao museu do Louvre, emprestado pela família libanesa Hariri), seu escritório, pago pelo Estado, perto da Câmara, e a sede da fundação que planeja criar e que se dedicará ao diálogo entre culturas e ao desenvolvimento sustentável.

Antes de iniciar sua nova atividade, Chirac passará férias num destino não confirmado, provavelmente Marrocos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    0,12
    3,161
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host