UOL Notícias Notícias
 

09/06/2007 - 13h50

Morrem quatro militares em combates contra fundamentalistas no Líbano

Trípoli (Líbano), 9 jun (EFE).- Quatro militares libaneses morreram hoje nos combates entre o Exército e os milicianos do grupo extremista sunita Fatah al-Islam no campo de refugiados de Nahr al-Bared, no norte do país, informaram militares à Efe.

As fontes, que pediram anonimato, confirmaram que os soldados morreram em combate contra os radicais, mas sem dizer quantos foram feridos hoje. Segundo a imprensa libanesa, o número de feridos pode chegar a 12.

Nas últimas horas, os dois lados aumentaram os confrontos.

Segundo as fontes, a operação do Exército para acabar com a milícia radical "está cada vez melhor", sem dar detalhes.

Os milicianos da Fatah al-Islam, um obscuro grupo de inspiração salafista e que foi ligado à Al Qaeda, mantém seu núcleo em alguns edifícios do setor norte do campo, que fica perto de Trípoli.

O Exército ganhou posições lentamente nos últimos dias. Os combates começaram em 20 de maio, quando os extremistas atacaram de noite um posto militar e, segundo militares, degolaram 20 soldados.

Calcula-se que dentro de Nahr al-Bared ainda haja mais de 50 militantes, e um número indeterminado de civis. A Agência das Nações Unidas para os Refugiados Palestinos (UNRWA) calcula cerca de 4.000 civis.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host