UOL Notícias Notícias
 

13/06/2007 - 07h54

Irã "condena categoricamente" atentado contra mausoléu xiita de Samarra

Teerã, 13 jun (EFE).- O Irã condenou hoje "categoricamente" o atentado contra o mausoléu de Samarra, um dos lugares mais sagrados para os xiitas no Iraque, através do porta-voz do Ministério de Exteriores iraniano, Mohamad Ali Hosseini.

Em declarações a uma televisão iraniana, Hosseini disse que esse atentado é a continuação dos ataques criminosos e contra os islâmicos que estão sendo cometidos pelos "verdadeiros inimigos do povo e do Governo do Iraque".

"Condenamos categoricamente este atentado e o vemos como um gesto do rancor dos inimigos da unidade do Iraque", disse Hosseini.

Segundo o porta-voz, os autores deste atentado querem prejudicar a unidade islâmica do povo iraquiano, assim como a unidade de todos os grupos iraquianos.

Além disso, disse que o propósito deste atentado é aumentar os problemas do Governo eleito pelo povo do Iraque e o qualificou como uma "ação suspeita".

O Irã, um país majoritariamente xiita, apóia o Executivo do primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, também xiita.

O presidente do Parlamento do Irã, Gholamali Haddad Adel, condenou também o atentado e insistiu na necessidade da saída das forças de ocupação do Iraque.

Adel pediu também o fim das "conspirações que têm como propósito criar confrontos entre xiitas e sunitas".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host