UOL Notícias Notícias
 

22/06/2007 - 16h31

Chefe da Liga Árabe encerra visita ao Líbano sem saída para crise política

Beirute, 22 jun (EFE).- O secretário-geral da Liga Árabe, Amre Moussa, encerrou hoje uma missão de três dias no Líbano sem encontrar uma solução para a crise política atravessada pelo país.

Durante sua estadia em Beirute, Moussa, que liderou uma delegação da Liga Árabe, reuniu-se diversas vezes com os principais líderes da oposição e do Governo, aos quais apresentou um plano para resolver a crise.

Moussa disse em entrevista coletiva que o plano compreende o reatamento do diálogo visando a formar um Governo de união nacional, a realização de eleições presidenciais na data prevista e a estabilização da segurança no país.

No entanto, "as idéias e as propostas de hoje impediram chegar a um acordo", afirmou, ressaltando, contudo, que suas reuniões permitiram avançar, principalmente no que se refere à "formação de um Governo de união nacional".

Disse que está disposto a retornar a Beirute quando os libaneses chegarem a um acordo sobre os pontos propostos.

O Líbano está mergulhado em uma profunda crise política desde novembro do ano passado, quando renunciaram seis ministros, cinco deles xiitas.

A oposição, apoiada pela Síria e pelo Irã, exige a formação de um Governo de união nacional no qual tenha direito a veto, mas os membros do Governo rejeitam essa possibilidade, argumentando que ela continuaria paralisando o país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host