UOL Notícias Notícias
 

19/07/2007 - 08h27

Suposto membro do Fatah al-Islam diz que grupo está vinculado à Síria

Beirute, 19 jul (EFE).- Um suposto membro do grupo extremista sunita Fatah al-Islam, que desde 20 de maio combate o Exército libanês no acampamento palestino de Nahr al-Bared, no norte do Líbano, assegura que o grupo está vinculado aos serviços secretos sírios, segundo o jornal "Al-Mustaqbal".

Ahmed Merhi, cidadão libanês detido em maio em um hotel de Beirute, disse ao promotor Rachid Mezher ser o "oficial de ligação" entre o Fatah al-Islam e o chefe dos serviços secretos sírios, Asef Chawkat, cunhado do presidente Bashar al-Assad.

O jornal é propriedade de Saad Hariri, líder da maioria parlamentar libanesa, oposta a qualquer influência síria sobre o país.

Merhi afirmou que Chawkat colocou à disposição do Fatah al-Islam "um especialista em explosivos de alta qualidade para que treinasse os membros do grupo" e forneceu um "apoio significativo" em dinheiro, sem dar detalhes.

Segundo o jornal, Merhi identificou os quatro membros do Fatah al-Islam envolvidos no assassinato do então ministro da Indústria, Pierre Gemayel, em 21 de novembro.

Um deles, identificado como Majd el-Din Abud, morreu posteriormente nos confrontos de Nahr al-Bared.

O ativista e seu irmão, Mohammed, confessaram, separadamente, que o Fatah al-Islam planejava atentados terroristas contra vários alvos no país, entre eles dois hotéis em Beirute freqüentados por membros da Força Interina das Nações Unidas no Líbano (Finul), embaixadas ocidentais e escritórios da ONU.

A publicação assegura ainda que Merhi desempenhou um papel central na introdução de jihadistas tunisianos, sauditas e iraquianos no Líbano, vindos da Síria.

Entre estes estava o saudita Abdul Rahman al-Yahya, conhecido como "Abu Talha", para quem tinha alugado um apartamento em Trípoli.

O saudita tinha dado a Merhi uma "grande quantidade de dinheiro para financiar os membros do grupo e comprar máquinas altamente sofisticadas para falsificar passaportes, que foram apreendidas mais tarde em um apartamento em Trípoli".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h29

    1,65
    3,311
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h33

    -2,20
    61.260,07
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host