UOL Notícias Notícias
 

28/07/2007 - 18h00

Prisão em construção no México é atacada por supostos guerrilheiros

San Cristóbal de las Casas (México), 28 jul (EFE).- Homens armados atacaram hoje as obras de construção de uma prisão em Chiapa de Corzo, no estado de Chiapas, no México.

O ataque não deixou vítimas. Os atacantes foram identificados pela Polícia como integrantes da guerrilha Exército Popular Revolucionário (EPR).

Com os rostos cobertos, os homens dispararam contra as obras a 15 quilômetros de Tuxtla Gutiérrez (capital de Chiapas), quebrou vidros e pichou palavras de ordem nas paredes.

"O EPR vencerá", "Viva o EPR" e "Liberdade para os presos políticos", foram algumas das frases printadas em vermelho.

Três vigias disseram à imprensa que os supostos guerrilheiros chegaram na madrugada de sábado e os renderam. Os seguranças ficaram presos em uma guarita, de onde escutaram disparos. Mais tarde foram libertados por policiais, que encontraram 40 cartuchos de bala.

O EPR, guerrilha do sul do México que apareceu em 1996, não reivindicou a autoria do ataque.

O grupo é o mesmo que, no início do mês, começou incêndios em refinarias da Petróleos Mexicanos (Pemex), para exigir a libertação de dois guerrilheiros "desaparecidos em Oaxaca".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host