UOL Notícias Notícias
 

30/07/2007 - 19h27

Filho de Al Gore se declara culpado de posse de drogas

Los Angeles (EUA.), 30 jul (EFE).- Al Gore III, o filho mais novo do ex-vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore, declarou-se hoje culpado das acusações de posse de drogas, após sua detenção, no dia 4 de julho, quando dirigia em alta velocidade.

O jovem de 24 anos dirigia seu Toyota Prius a mais de 160 km/h, quando a Polícia pediu que parasse, e encontrou maconha e outras drogas em seu poder.

Embora Al Gore III tenha admitido ser culpado, o promotor encarregado do caso, Jaime Coulter, disse que o depoimento do acusado pode ser desconsiderado, caso ele cumpra um programa de desintoxicação.

O prazo da sentença foi estabelecido para o dia 7 de fevereiro, e se ele seguir o programa corretamente, as acusações podem ser retiradas um ano depois.

Segundo o porta-voz do escritório do promotor distrital Farrah Emani, Gore ingressará no programa de reabilitação "imediatamente".

Al Gore III já tinha sido detido por posse de maconha em 2003.

Atualmente, ele vive em Los Angeles, onde trabalha à frente da revista "Good", que trata de temas sociais e é destinada ao público jovem.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host