UOL Notícias Notícias
 

16/08/2007 - 23h07

Dia mais quente da história do Japão causa 12 mortes

Tóquio, 17 ago (EFE).- As altas temperaturas registradas no Japão, devido à onda de calor que está afetando o país, causaram 12 mortes nesta quinta-feira, quando os termômetros estabeleceram um recorde de 40,9 graus centígrados, segundo informa a imprensa japonesa.

A temperatura ficou acima dos 40,8 graus centígrados, o recorde anterior, de 1933. A grande área metropolitana de Tóquio, onde residem mais de 30 milhões de pessoas, é a mais afetada pela onda de calor.

Nas províncias de Gifu e Saitama, a oeste da capital japonesa, onde ontem foram registrados os 40,9 graus, apresentaram umidade relativa do ar de 60%.

Como conseqüência das elevadas temperaturas, 12 pessoas morreram.

Entre elas, um menino de 13 anos que caiu inconsciente após um jogo de basquete num colégio dos arredores de Tóquio. As outras vítimas tinham de 59 a 88 anos.

Segundo a Agência Meteorológica do Japão, a onda de calor continuará até sábado. Só então a temperatura deverá começar a baixar para os níveis mais freqüentes do verão japonês.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host