UOL Notícias Notícias
 

20/08/2007 - 11h22

França envia missão a Martinica e Guadalupe para avaliar estragos do "Dean"

Paris, 20 ago (EFE).- O Governo francês anunciou hoje o envio de especialistas às ilhas caribenhas de Martinica e Guadalupe para avaliar os danos causados pelo furacão "Dean", cujo custo provavelmente superará os ? 250 milhões.

A estimativa preliminar dos destroços provocados pelo ciclone ronda esta quantia, segundo fontes governamentais.

A ministra do Interior, Michèle Alliot-Marie, anunciou hoje, depois de uma reunião com o secretário de Estado do Ultramar, Christian Estrosi, que uma missão de especialistas será enviada daqui a três dias para fazer uma avaliação "precisa da natureza e do custo dos danos" provocados por "Dean".

Estrosi visitou as Antilhas este fim de semana.

A ministra também deu ordens para que os pedidos de reconhecimento do "estado de catástrofe natural" sejam tramitados o mais rápido possível.

Já Estrosi confirmou a mobilização do fundo de socorro disponível na Secretaria de Estado de Ultramar para ajudar os atingidos cujo patrimônio não está assegurado.

O secretário também disse que pedirá ajuda ao fundo estrutural europeu e assegurou que "não deixará ninguém à beira do caminho".

Em Martinica, segundo as primeiras avaliações, a produção bananeira ficou totalmente destruída, assim como boa parte da de cana-de-açúcar.

Em Guadalupe, menos atingida pelo furacão, 70% das plantações de banana foram afetadas.

Martinica e Guadalupe são departamentos de ultramar da França.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host