UOL Notícias Notícias
 

06/09/2007 - 01h52

Famílias de americanos reféns das Farc pedem ajuda à Venezuela

Washington, 5 set (EFE).- Um grupo de parentes de americanos seqüestrados pela guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) pediu ajuda à Venezuela para conseguir sua libertação.

Fontes diplomáticas afirmaram que os parentes de três americanos capturados pelas Farc há mais de quatro anos se reuniram com o embaixador da Venezuela em Washington, Bernardo Álvarez Herrera, nesta quarta-feira.

Durante a reunião, eles solicitaram que o diplomata transmitisse ao presidente Hugo Chávez seu pedido de ajuda, disse uma fonte diplomática.

O presidente venezuelano foi na semana passada à Colômbia para promover um acordo para uma troca de reféns por guerrilheiros capturados pelo Governo colombiano.

Numa conversa com jornalistas, Tom Casey, porta-voz do Departamento de Estado, afirmou que Washington está preocupado com a situação dos americanos seqüestrados.

"Responsabilizamos as Farc pelas condições em que eles se encontrem, assim como por sua segurança", disse.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host