UOL Notícias Notícias
 

26/09/2007 - 06h15

Dez iraquianos morrem em atentado e ataque dos EUA mata nove

Bagdá, 26 set (EFE).- Pelo menos 10 pessoas morreram e nove ficaram feridas pela explosão de um caminhão-bomba, num atentado contra um chefe tribal de um povoado sunita do norte do Iraque, disseram à Efe fontes policiais, no mesmo dia em que pelo menos nove pessoas da mesma família foram mortas por um bombardeio de um helicóptero americano na localidade de maioria xiita de Musayib, na província de Babel.

O caminhão-bomba, conduzido por um suicida, bateu na casa do xeque Kanaan, chefe da tribo Mawali, no povoado de Um al-Ziban, 110 quilômetros a sudoeste de Mossul, terceira maior cidade do Iraque.

Segundo as fontes, que não revelaram se Kanaan está entre as vítimas, três dos feridos se encontram em estado muito grave.

A Al Qaeda e seus aliados no Iraque vêm atacando nos últimos meses vários chefes tribais sunitas, que começaram a se afastar dos grupos mais radicais.

Ainda segundo fontes policiais, o bombardeio americano em Musaiyb, 60 quilômetros ao sul de Bagdá, supostamente atingiu o alvo errado. Entre as vítimas, há cinco mulheres e quatro crianças de uma família, identificada como Daham al-Janabi.

O ataque aconteceu esta madrugada, enquanto os membros da família ainda dormiam. As fontes acrescentaram que na mesma localidade os soldados mataram o imame da mesquita de Nawaf al-Waqaa, o xeque Hassan Mohammed al-Janabi.

O Exército americano não confirmou ainda o ataque.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    -0,12
    3,275
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host