UOL Notícias Notícias
 

27/09/2007 - 17h06

Líbano destinará US$ 5 milhões para criação de tribunal internacional

Beirute, 27 set (EFE).- O Líbano destinará US$ 5 milhões à criação de um tribunal internacional encarregado de julgar o assassinato do ex-primeiro-ministro Rafik Hariri e de outras personalidades contrárias à presença síria no país.

O Governo emitiu hoje um decreto no qual se estipula o envio da quantia a um fundo especial criado pelas Nações Unidas para a formação do organismo.

A ONU decidiu criar um tribunal especial após o assassinato de Hariri, em um atentado com carro-bomba ocorrido em Beirute, no dia 14 de fevereiro de 2005, que causou outras 22 mortes.

No entanto, este tribunal se transformou em uma nova fonte de disputas entre as forças políticas libanesas.

As forças aliadas ao Governo, e contrárias à presença da Síria, defendem a iniciativa, enquanto a oposição, liderada pelo grupo xiita Hisbolá, se opõe.

Perante estas posturas irreconciliáveis, o Conselho de Segurança da ONU aprovou, em 30 de maio, o estabelecimento do tribunal, em virtude do capítulo VII da Carta Magna da organização, que prevê a imposição de um tribunal internacional a um país, mesmo sem o consentimento deste.

Está previsto que o tribunal seja criado no início do próximo ano, na Holanda.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h09

    -0,49
    3,153
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h11

    2,26
    70.186,35
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host