UOL Notícias Notícias
 

26/11/2007 - 00h42

Chega a Roma corpo de militar italiano morto em atentado em Cabul

Roma, 26 nov (EFE).- Os restos mortais do marechal-chefe do Exército italiano, Daniele Paladini, de 35 anos, que perdeu a vida há dois dias num atentado nos arredores de Cabul, chegaram na madrugada desta segunda-feira a Roma.

O corpo foi trasladado de Cabul até a capital italiana em um avião C-130 do Exército italiano, que aterrissou no aeroporto militar de Ciampino poucos minutos antes das 02h desta segunda-feira (23h de domingo em Brasília).

Esperavam pelos restos no aeroporto o ministro da Defesa, Arturo Parisi; o chefe do Estado-Maior da Defesa, almirante Giampaolo Di Paola; o chefe do Estado-Maior do Exército, Fabrizio Castagnetti; a viúva de Paladini, Alessandra Rizzi, um irmão do marechal-chefe e um cunhado.

O corpo foi levado ao hospital militar de Celio, onde nas próximas horas passará por uma autópsia.

O funeral de Paladini deve acontecer na próxima quarta-feira, na cidade de Novi (norte), onde ele vivia com sua esposa e uma filha de seis anos.

O ataque ocorreu no distrito de Paghman, na periferia da capital afegã, às 3h22 (de Brasília) do sábado, quando o autor do atentado detonou seus explosivos perto do lugar onde soldados italianos inspecionavam uma ponte recém-construída, segundo fontes oficiais.

Além de Paladini, a explosão matou nove civis afegãos, entre eles seis crianças, enquanto outros três militares italianos e nove civis ficaram feridos, confirmou em comunicado a Força Internacional para a Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Otan.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,22
    3,175
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h23

    1,12
    65.403,25
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host