UOL Notícias Notícias
 

29/11/2007 - 17h57

Equador declara estado de emergência em estatal de petróleo

Quito, 29 nov (EFE).- O Governo equatoriano declarou hoje a Petroecuador, empresa estatal de petróleo, em estado de emergência e nomeou um contra-almirante como interventor na companhia.

O contra-almirante Fernando Zurita será o novo presidente-executivo da estatal.

A decisão, anunciada de surpresa, foi adotada diante da necessidade urgente de reestruturar a Petroecuador, e para controlar uma paralisação na província de Orellana, que provocou a queda da produção petrolífera, disse hoje à Agência Efe uma fonte da Presidência.

A paralisação, que começou no domingo passado, impediu a exploração dos campos petrolíferos Auca Sul, Auca Central e Cononaco.

"A paralisação afeta 47 poços, o que representa uma perda de aproximadamente US$ 3 milhões diários, já que se deixaram de produzir 36.000 barris de petróleo ao dia, além dos danos à infra-estrutura dos campos", diz a Presidência em comunicado .

A Petroecuador informou na quarta-feira que perdeu a produção de milhares de barris de petróleo pelos protestos de moradores de Dayuma, que exigem obras de infra-estrutura.

A produção da estatal tinha se estabilizado no sábado em 175.067 barris diários, mas na quarta-feira caíra para 139.436 barris.

Com esta situação, o Governo presidido por Rafael Correa, decidiu declarar em estado de emergência o sistema da Petroecuador e designar Zurita como novo presidente-executivo da entidade.

A primeira missão dele será processar "por sabotagem todos os antipatriotas que causaram este dano", diz o decreto presidencial.

Foi ordenada ainda a formação de uma comissão liderada pelo ministro-coordenador da Segurança Interna e Externa, Fernando Bustamante, para que investigue e relate quem são os responsáveis que interromperam a produção.

A Presidência não descarta declarar a província de Orellana em estado de emergência.

O presidente Rafael Correa ratificou que não permitirá este tipo de desmandos e que "aplicará todo o rigor da lei".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h59

    -0,15
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h05

    0,39
    63.505,86
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host