UOL Notícias Notícias
 

10/12/2007 - 18h08

Cristina reafirma reivindicação da Argentina sobre as Malvinas

Buenos Aires, 10 dez (EFE).- A nova presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, reafirmou hoje a reivindicação "irrenunciável e indeclinável" de seu país sobre as Ilhas Malvinas (Falklands) e pediu ao Reino Unido que aceite negociar a soberania do arquipélago.

"Há uma situação de enclave colonial aqui, denunciada perante as Nações Unidas e é hora de voltar a cumprir o mandato das mesmas Nações Unidas, da qual todos fazemos parte", disse ela no discurso de posse.

No Congresso, onde recebeu a faixa presidencial e o bastão de comando das mãos do marido e antecessor, Néstor Kirchner, Fernández se referiu ao Reino Unido como "país ocupante" das Malvinas.

"Quero reafirmar mais uma vez nossa reivindicação irrenunciável e indeclinável de soberania sobre nossas Ilhas Malvinas", exclamou a presidente em um dos trechos mais aplaudidos de seu discurso.

O Reino Unido ocupou o arquipélago do Atlântico Sul em 1833.

Desde esse ano, a Argentina reivindica a soberania das ilhas, que foram disputadas em 1982 durante uma breve guerra que causou 649 mortos nas fileiras argentinas e 255 nas britânicas. O conflito levou à ruptura das relações diplomáticas entre ambos, reatadas em 1990.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,13
    3,270
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,51
    63.760,94
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host