UOL Notícias Notícias
 

04/01/2008 - 19h52

Congresso mexicano repudia atos xenófobos contra imigrantes ilegais nos EUA

México, 4 jan (EFE).- O Congresso mexicano expressou hoje seu "mais enérgico repúdio" às ações de xenofobia cometidas contra imigrantes ilegais nos Estados Unidos, "especialmente as batidas e deportações maciças registradas nos últimos meses".

A senadora do Partido Ação Nacional (PAN) Adriana González, que fez a proposta do acordo aprovado hoje, condenou o fato de as detenções e deportações de imigrantes ilegais mexicanos terem dobrado nos EUA em 2007, ao passar de 15.452 em 2006 a 30.408 no ano passado, segundo dados oficiais americanos.

Também pediu ao Executivo e ao Legislativo que insistam no esclarecimento do assassinato de quatro imigrantes ilegais de San Luis Potosí ocorrido em Cincinnati, no estado de Ohio, em meados de dezembro.

A Comissão Permanente, que representa o Legislativo durante o período de recesso, aprovou por maioria um ponto de acordo onde exortou o Executivo a fortalecer e aprofundar a defesa dos imigrantes ilegais.

O acordo firmado hoje será enviado ao Congresso dos EUA através dos canais diplomáticos que existem entre os dois países para que os legisladores americanos tomem conhecimento dele.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host