UOL Notícias Notícias
 

14/01/2008 - 14h34

Presidente interina pede que oposição abandone os protestos

Tbilisi, 14 jan (EFE).- A presidente interina da Geórgia, Ninó Burdzhanadze, fez hoje um apelo à oposição para abandonar as ações de protesto para que o país "volte ao caminho estável do desenvolvimento".

"Estas ações trazem desestabilização e, portanto, é preciso renunciar a elas", disse Burdzhanadze em declarações a um grupo de jornalistas.

A chefe de Estado interina destacou que "dificilmente os problemas levantados mudarão os resultados das eleições presidenciais vencidas por Mikhail Saakashvili".

Segundo os dados definitivos anunciados ontem, o ex-presidente Saakashvili foi reeleito com 53,47% dos votos nos pleito antecipados do dia 5 de janeiro.

De acordo com os números oficiais, o candidato da oposição unificada, Levan Gachechiladze, obteve 25,69% dos votos.

A oposição, que ontem fez um grande comício em Tbilisi, denunciou fraude, assegurando que Saakashvili não obteve maioria absoluta e reivindica a realização de um segundo turno.

"Saakashvili é um presidente ilegítimo. Seu regime não poderá governar o país durante muito tempo, já que a oposição realizará contínuos comícios e atos de protesto", assegurou ontem Gachechiladze na manifestação opositora.

A presidente interina admitiu hoje que as autoridades mantêm contatos com a oposição.

"No curso das consultas ficou claro que há assuntos nos quais não temos diferenças radicais e estamos tentando achar nesse terreno fórmulas aceitáveis para todos", disse Burdzhanadze.

"Ontem foi realizado um comício e, embora a oposição tenha exagerado o número de seus partidários, estamos dispostos a respeitar a opinião de nossos cidadãos com ânimos opositores, independentemente de quantos sejam", disse Burdzhanadze.

No entanto, deixou claro que a agenda deve circunscrever-se aos preparativos das próximas eleições parlamentares que serão realizadas na próxima primavera européia.

"Espero que as autoridades e a oposição façam tudo para acalmar a situação e as eleições se realizem em um clima democrático", disse a chefe de Estado interina.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host