UOL Notícias Notícias
 

28/01/2008 - 16h32

Diplomata dos EUA vai à Ásia para tratar de programa nuclear norte-coreano

Washington, 28 jan (EFE).- O encarregado de Assuntos Coreanos do departamento de Estado americano, Sung Kim, visitará Pyongyang, Seul e Pequim esta semana, para dar um novo impulso às conversas de seis lados (duas Coréias, Estados Unidos, China, Rússia e Japão) para o desmantelamento do arsenal nuclear norte-coreano.

Kim visitará Seul na terça-feira; Pequim, na quarta-feira e Pyongyang, na quinta-feira, informaram hoje fontes do Departamento de Estado americano.

O alto funcionário, que partirá hoje, tentará avançar no acordo multilateral sob o qual a Coréia do Norte se comprometeu a revelar a lista de todos os seus programas nucleares e, em última instância, a abandoná-los.

A Coréia do Norte assinou em Pequim, em fevereiro de 2006, um acordo histórico no qual se comprometeu a fechar e desmantelar todas suas instalações nucleares.

Na segunda fase do processo para a desnuclearização da península coreana, o regime de Pyongyang deveria ainda revelar, até o final de 2007, todo o seu programa atômico em troca de ajuda econômica, energética e humanitária. O prazo, entretanto, não foi cumprido por Pyongyang.

Hoje, por sua parte, o Governo japonês lamentou a ausência de "sinais positivos" por parte da Coréia do Norte sobre seu processo de desnuclearização.

O vice-ministro de Assuntos Exteriores do Japão, Mitoji Yabunaka, apontou em entrevista coletiva que o processo de desarmamento nuclear do regime de Pyongyang "se desacelerou". EFE co/gs |K:POL:POLITICA,CONFLITO| |N:C| |R:

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h49

    -0,05
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host