UOL Notícias Notícias
 

14/02/2008 - 03h11

Incêndios matam 59 pessoas em celebrações do Ano Novo na China

Pequim, 14 fev (EFE).- Os 10.360 incêndios registrados na China durante as celebrações do Ano Novo lunar mataram 59 pessoas, informou hoje o Ministério de Segurança Pública chinês, segundo a agência oficial de notícias "Xinhua".

As autoridades chinesas informaram que os incêndios causaram ainda prejuízos no valor de US$ 3,30 milhões, e relataram que outras 19 pessoas ficaram feridas.

O número de incêndios este ano subiu mais de 14% em relação a 2007, quando os artefatos pirotécnicos provocaram 9.100 incêndios em toda a China.

A maioria de incêndios foi provocada por fogos de artifício, muito comuns nas celebrações do Ano Novo para afugentar os maus espíritos e assegurar um bom ano, segundo a tradição.

Em Pequim, os fogos de artifício ficaram proibidos durante doze anos devido aos muitos incêndios que produziam nestas festividades, mas o veto foi suspenso em 2006.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h00

    -0,48
    3,260
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h08

    1,54
    62.624,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host