UOL Notícias Notícias
 

12/03/2008 - 04h58

Cinco pessoas morrem em enfrentamentos em cinto tribal paquistanês

Islamabad, 12 mar (EFE).- Pelo menos cinco pessoas, entre elas duas mulheres, morreram hoje em enfrentamentos entre o Exército e fundamentalistas islâmicos no noroeste do Paquistão, onde dois policiais morreram ao tentar desativar uma bomba.

Segundo informou a emissora local "Geo TV", o enfrentamento entre o Exército e os fundamentalistas paquistaneses ocorreu nas proximidades de Bajaur, uma das áreas administrativas do cinto tribal paquistanês e junto à fronteira afegã.

Além disso, dois soldados das forças de segurança paquistaneses morreram hoje em conseqüência de uma explosão enquanto tentavam desativar uma bomba na Província da Fronteira do Noroeste, segundo fontes policiais.

No incidente, que ocorreu no conflituoso vale do Swat, também ficaram feridas duas pessoas que foram transferidas a um hospital.

O Exército iniciou em outubro de 2007 operações em Swat e no cinto tribal contra milhares de fundamentalistas armados que se rebelaram contra o regime do presidente Pervez Musharraf.

Os enfrentamentos e os atentados contra forças de segurança paquistaneses e personalidades políticas aumentaram durante o mês de janeiro, especialmente no cinto tribal.

Após a relativa calma que seguiu à realização das eleições de 18 de fevereiro, a violência voltou a aumentar nas últimas semanas nesta província fronteiriça com o Afeganistão, onde predomina a etnia pashtun, à qual pertence a maioria dos talibãs.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host