UOL Notícias Notícias
 

03/04/2008 - 08h39

Forças de segurança egípcias detêm 38 membros dos Irmãos Muçulmanos

Cairo, 3 abr (EFE).- As forças de segurança egípcias detiveram hoje 38 membros do grupo islâmico Irmãos Muçulmanos em quatro províncias do Egito, informaram fontes policiais e desta organização ilegalizada.

Esta nova onda de detenções foi realizada em coordenação com os serviços secretos egípcios nas quatro províncias.

A operação ocorreu cinco dias antes das eleições municipais, previstas para 8 de abril.

A maioria dos Irmãos Muçulmanos que apresentaram sua documentação para participar do pleito foi rejeitada e inclusive foi impedida de chegar aos centros de inscrição, o que propiciou grandes protestos na terça-feira em nove províncias do Egito, incluindo Cairo, onde 258 ativistas foram detidos.

O grupo islâmico, ilegalizado em 1954, conseguiu 88 das 454 cadeiras do Parlamento, nas eleições parlamentares de 2005, às quais se apresentou com candidatos independentes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host