UOL Notícias Notícias
 

16/04/2008 - 12h08

Supremo dos EUA permite execuções através de injeção letal

Washington, 16 abr (EFE).- A Corte Suprema americana negou hoje que o uso de injeção letal nas execuções viole a Constituição do país, ao rejeitar um recurso apresentado por dois réus do Kentucky.

Os integrantes do máximo tribunal americano rejeitaram por sete votos contra e dois a favor o argumento de que as injeções letais causavam sofrimento e dor desnecessários, o que estaria em contradição com uma Constituição que rejeita a crueldade.

Os Estados Unidos interromperam em setembro sno ano passado todas as execuções por injeção letal, depois que o Supremo aceitasse o caso apresentado pelos réus do Kentucky.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host