UOL Notícias Notícias
 

17/04/2008 - 14h29

Argélia impede realização de "congresso" da Al Qaeda

Argel, 17 abr (EFE) - As forças de segurança argelinas fizeram nos últimos dez dias uma operação na região norte da Cabília para evitar a realização de um "congresso" do grupo terrorista Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI), informou hoje o jornal "Echourouk".

A reunião devia ter ocorrido nas imediações da localidade de Tizi Ouzou, em uma área florestal de difícil acesso.

Aparentemente, o líder do AQMI, Abdelmalek Droukdel ("Abu Mussab Abdelwadoud"), assim como vários chefes do grupo deveriam comparecer ao encontro.

Seguindo as informações fornecidas por um antigo membro do AQMI que agora colabora com as autoridades, unidades especiais do Exército fizeram uma ampla operação de busca na área onde ocorreria a reunião.

Na terça-feira passada, helicópteros de combate lançaram muitos mísseis sobre pontos da região, aonde posteriormente foram unidades de infantaria que realizaram uma operação na qual encontraram vários documentos pertencentes à AQMI, assim como material para a fabricação de explosivos, indica o jornal.

Algumas semanas atrás, o Exército argelino conseguiu desbaratar outra tentativa do grupo de realizar uma reunião também na Cabília.

O AQMI originou-se do antigo Grupo Salafista para a Pregação e o Combate (GSPC).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host