UOL Notícias Notícias
 

09/09/2008 - 13h34

Reino Unido cria lista de empregos para imigrantes

Londres, 9 set (EFE).- O Governo britânico publicará uma lista em que serão especificados os postos de trabalho que os imigrantes de países que não fazem parte da União Européia (UE) poderão ocupar, em sua maioria empregos que nativos não conseguem preencher, em uma medida que também visa controlar a imigração.

Um comitê assessor de imigração, formado por economistas, entregou hoje ao Ministério do Interior britânico uma proposta de lista que agora será revisada antes de ser publicada oficialmente, em outubro.

Segundo a "BBC", a lista elaborada pelo comitê após um estudo de mercado inclui como profissões em que se escasseia pessoal qualificado os professores de ciências e matemática, treinadores de cavalos e cozinheiros.

Faltam também no Reino Unido engenheiros químicos e civis, cirurgiões veterinários e enfermeiras de geriátricas No entanto, ficam excluídas da lista profissões que nos últimos anos tinham sido preenchidas por imigrantes extracomunitários, como as parteiras, os trabalhadores sociais e os técnicos em informática.

Segundo o Governo, a medida servirá para abastecer melhor às empresas com mão de obra além de reduzir em até 30% a oferta de empregos para imigrantes de fora da União Européia, de um milhão para 700 mil.

O Executivo acredita que este sistema de seleção, que se completa com um sistema de pontos para filtrar as candidaturas, será mais efetivo que a introdução de cotas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host