UOL Notícias Notícias
 

06/10/2008 - 16h06

Francês Luc Montagnier fica feliz com conquista do Nobel da Medicina

Paris, 6 out (EFE).- O cientista francês Luc Montagnier, que recebeu hoje o prêmio Nobel de Medicina pela descoberta do vírus da aids, se mostrou "feliz" com a conquista e afirmou que lhe restam anos de pesquisa para "descobrir outra coisa talvez tão importante".

"Isto é uma etapa, estou feliz, mas me restam anos para buscar outra coisa talvez tão importante" como o vírus da imunodeficiência humana (HIV), declarou Montagnier à emissora "France 2".

O cientista francês, que nasceu em 1932, divide o prêmio com seu compatriota Françoise Barré-Sinoussi, com quem isolou o vírus da aids há 25 anos, e com o alemão Harald zur Hausen, distinto por descobrir a relação entre o papilomavírus (HPV) e o câncer do colo do útero.

Montagnier dedicou o prêmio a toda sua equipe e a todos os cientistas que trabalharam com "este tipo de vírus em animais antes de o fazerem com humanos".

Sua descoberta foi "o fruto de 20 anos de pesquisas", afirmou o cientista, que também recordou de seus colegas americanos, que isolaram o vírus alguns meses mais tarde que sua equipe.

"Contribuíram para demonstrar que o vírus era a causa da aids", declarou o francês.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    13h19

    0,40
    3,292
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h24

    -0,48
    62.954,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host