UOL Notícias Notícias
 

20/01/2009 - 08h44

Polícia impede protesto diante da Embaixada dos EUA em Manila

Manila, 20 jan (EFE).- As autoridades impediram hoje que se aproximasse da Embaixada dos Estados Unidos em Manila um grupo de manifestantes que pedia ao presidente eleito americano, Barack Obama, que cumprisse sua promessa de introduzir mudanças fundamentais em sua política externa, particularmente nos temas relacionados às Filipinas.

A Polícia se limitou a bloquear o avanço do protesto, mas não tentou dissolver a manifestação, segundo a rede de televisão local "GMA".

O secretário-geral da organização Bagong Alayansang Makabayan, Renato Reyes, disse às várias pessoas reunidas que com Obama "não deveriam continuar" certas políticas do Governo Bush, como a "guerra contra o terrorismo".

EUA e Filipinas estreitaram sua colaboração militar a partir dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 em solo americano, com o estabelecimento de manobras conjuntas anuais e outros pactos, como o apoio da intervenção armada em Afeganistão e Iraque.

Alguns filipinos interpretaram a volta de soldados americanos ao país, passada uma década desde fechadas as bases norte-americanas, um retrocesso aos tempos em que as Filipinas sofria forte influência política e militar dos EUA.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host