UOL Notícias Notícias
 

27/01/2009 - 17h47

Obama se diz otimista sobre aprovação de pacote econômico

Washington, 27 jan (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se declarou hoje otimista quanto à aprovação de seu plano de estímulo econômico, após uma reunião no Capitólio com os congressistas republicanos, que criticam o pacote.

Em breves declarações após um encontro com os republicanos da Câmara de Representantes, e antes de começar um outro com os senadores do mesmo partido, Obama reconheceu, no entanto, que não vai "receber 100% de apoio".

"Todos entenderam que estou disposto a explicar como vamos aplicar o plano de estímulo", disse Obama.

O presidente americano quer conseguir a aprovação do plano no Congresso até o dia 16 de fevereiro.

"Todos devemos deixar de lado a política e fazer o que os Estados Unidos precisam", sustentou.

Obama afirma que o projeto, de cerca de US$ 825 bilhões, permitirá criar ou evitar que se percam entre três e quatro milhões de empregos.

A Câmara deve submeter a proposta a votação nesta quarta-feira.

Os republicanos se mostram céticos sobre o plano, que consideram que fará pouco para estimular a economia, além de desperdiçar o dinheiro em uma série de projetos pouco claros.

Em uma breve entrevista coletiva após a reunião, o líder da minoria republicana na Câmara de Representantes, John Boehner, expressou o agradecimento dos membros de seu partido pelo gesto do presidente, mas indicou que as diferenças persistem.

"Há pontos em comum, como o corte de impostos, mas não acreditamos que sejam suficientemente amplos", disse.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host