UOL Notícias Notícias
 

09/02/2009 - 09h07

Bispo que negou Holocausto perde direção de seminário argentino

Buenos Aires, 9 fev (EFE).- O polêmico bispo britânico Richard Williamson foi substituído do cargo de diretor de um seminário próximo a Buenos Aires devido à sua negação do Holocausto judeu, informou hoje Christian Bouchacourt, sacerdote superior do Distrito América do Sul da Fraternidade Sacerdotal São Pio X.

"As afirmações de monsenhor Williamson não refletem de modo nenhum a posição de nossa congregação", indicou a nota em alusão aos "comentários" do bispo, que considerou "inoportunos".

"É evidente que um bispo católico não pode falar com autoridade eclesiástica, mas sobre matérias concernentes à fé e à moral. Nossa Fraternidade não reivindica nenhuma autoridade sobre outras questões", sustentou o escrito.

O bispo britânico dirigia desde 2003 o seminário "Nossa Senhora Corredentora", que a Fraternidade Sacerdotal São Pio X possui na cidade da Grade, a cerca de 40 quilômetros de Buenos Aires.

Em declarações à revista alemã "Der Spiegel", Williamson afirmou que por enquanto, apesar do pedido do papa Bento XVI, não pensa em se retratar de sua negação do Holocausto, que causou alvoroço no mundo todo pois coincidiu com sua reabilitação e a de outros quatro religiosos lefebvrianos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host