UOL Notícias Notícias
 

17/07/2009 - 15h15

EUA registram 40,617 mil infectados pela gripe

Washington, 17 jul (EFE).- A gripe suína afeta um total de 40,617 mil pessoas nos Estados Unidos, onde já morreram já 263 infectados com o vírus A (H1N1), informou hoje o Centro para o Controle e Prevenção de Doenças (CDC, em inglês).

O vírus se estendeu aos 50 estados do país e ao Distrito de Columbia, alemde ao estado livre associado de Porto Rico e os territórios de Samoa Americana, Guam e Ilhas Virgens.

Wisconsin é o estado que tem mais infectados, com 6,031 mil pacientes e cinco mortos, seguido do Texas, onde há 4,975 mil infetcados e 24 mortos, e Illinois, que conta com 3,357 mil doentes e 15 vítimas fatais.

Nova York, com 2,670 mil afetados, registra, com 57 casos, o maior número de mortes por causa da doença até agora.

Diante do alto número de casos de infectados e de mortos devido à gripe suína, o presidente dos EUA, Barack Obama, reservou na quinta-feira US$ 1,825 bilhão em um fundo criado pelo Congresso para agilizar os planos preventivos, diante de um possível aumento da incidência da gripe no final do ano.

Obama usará imediatamente parte dos US$ 7,65 bilhões orçados pela Legislatura e aprovados por ele mesmo em 24 de junho para combater a gripe suína.

O dinheiro será usado em remédios que potencializem a futura vacina contra a gripe suína, para planejar uma campanha de imunização e para facilitar a aprovação da vacina pela Administração de Alimentos e Remédios dos EUA (FDA, em inglês).

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host