UOL Notícias Notícias
 

16/08/2009 - 15h33

Chávez propõe mudar data de visita de Lula prevista para 28 de agosto

Caracas, 16 ago (EFE).- O governante venezuelano, Hugo Chávez, propôs hoje que a próxima visita oficial ao país do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, seja realizada dois dias antes ou dois dias depois de 28 de agosto, data prevista inicialmente.

"A Data coincidirá com a reunião da União de Nações Sul-americanas (Unasul), em Bariloche", para tratar o impacto na região dos novos acordos militares fechados entre a Colômbia e os Estados, para a utilização de até sete bases em território colombiano por soldados americanos, que a Venezuela rejeita por considerá-los uma "ameaça" à "revolução" bolivariana.

Chávez e Lula realizam reuniões trimestrais desde o final de 2008, para revisar o avanço dos acordos vigentes, em sua maioria alimentícios e energéticos, assim como para buscar novos mecanismos de cooperação bilateral.

Em seu programa dominical de rádio e televisão "Alô Presidente", Chávez disse que já propôs a Lula a determinação de uma nova data para a reunião de trabalhos, "para dois dias antes ou dois dias depois, mas que não vamos passar o encontro para setembro", porque "a agenda pode se complicar esse mês".

Em setembro, será realizada a Assembleia Geral das Nações Unidas, além da II Cúpula América do Sul-África, em Caracas, prevista para acontecer entre os dias 14 e 19 desse mês.

Chávez lembrou ainda que viajará por "Moscou, Teerã, Minsk, Damasco e Trípoli" em setembro.

"Faço essa viagem todos os anos, para o que chamam de 'eixo do mal'", ironizou o líder venezuelano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host