UOL Notícias Notícias
 
29/08/2009 - 14h09

Mineradores chilenos se mudam para local mais seco da mina

Santiago do Chile, 29 ago (EFE).- Os 33 trabalhadores que desde o dia 5 de agosto estão presos em uma mina no norte do Chile "se mudaram" hoje para um setor mais seco e profundo da jazida, informou o ministro da Mineração, Laurence Golborne.

O novo assentamento dos mineradores está a cerca de 300 metros do anterior, em um setor mais profundo, porém mais seco.

A 700 metros de profundidade os mineradores dispõem de um espaço de aproximadamente 1,5 quilômetros para se movimentar, podendo organizar adequadamente sua estadia na mina San José, com lugares para comer e se divertir e outros para dormir e guardar mantimentos.

As imagens que mostraram os soterrados em um vídeo gravado por eles mesmos, onde apareciam sem camisa e sujos de lodo, revelaram que o ambiente anterior era quente e muito úmido.

Alguns, inclusive, apresentavam fungos em algumas partes do corpo e feridas que, embora tenham sido tratadas rapidamente, com remédios enviados da superfície, recomendavam a mudança para um local mais seco.

Johnny Barrios, um dos trabalhadores que tem conhecimentos de enfermagem, vacinou seus companheiros contra o tétano e a difteria.

Nesta segunda-feira, serão imunizados contra pneumococos e na próxima quarta-feira contra todos os tipos de gripes, disse o Secretário de Saúde de Atacama, Raúl Martínez.

Laurence Golborne também confirmou que nesta segunda-feira começará a perfuração destinada a resgatar os mineradores, uma tarefa que pode se estender por até quatro meses.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host