UOL Notícias Notícias
 

05/09/2009 - 09h56

Irã felicita ElBaradei por "resistir à pressão política" do Ocidente

Teerã, 5 set (EFE).- O Irã felicitou o presidente da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Mohamed El Baradei, por sua "resistência perante a pressão política" de vários países ocidentais, e acusou os Estados Unidos de não apresentar documentos autênticos sobre o programa nuclear iraniano.

Em carta dirigida a ElBaradei e divulgada hoje parcialmente pela imprensa local, o representante do Irã na AIEA, Ali Asghar Soltaniyeh, insiste em que esse organismo é o único com "poder" para controlar tecnicamente o programa nuclear iraniano.

O Irã, junto a outros muitos, compartilha a visão de que a AIEA resistiu à pressão política de alguns poucos países ocidentais que tentam evitar que a agência cumpra suas obrigações técnicas profissionais, acrescenta a carta.

Soltaniyeh afirma que, para Teerã, a AIEA é "a única organização técnica internacional" que pode supervisionar as atividades nucleares do Irã e lembra que seu último relatório a respeito foi "positivo" para seu país.

Além disso, reitera que os Estados Unidos não apresentaram nenhum documento autêntico que prove suas acusações de que o regime iraniano esconde um programa militar nuclear secreto.

"Como alguém pode fazer acusações contra um país sem apresentar documentos originais que sejam autênticos e pedir ao país acusado que prove sua inocência ou que faça os esclarecimentos pertinentes?", pergunta Soltaniyeh.

A comunidade internacional, com os Estados Unidos e Israel à frente, acusa o Irã de esconder sob seu programa nuclear civil outro projeto de natureza bélica cujo objetivo seria adquirir armas atômicas, alegação que o Irã nega.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h30

    0,26
    3,137
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host