UOL Notícias Notícias
 

07/11/2009 - 13h47

Irã nega fornecimento de armas ao Hisbolá e diz que Israel faz manobra

Teerã, 7 nov (EFE).- A representação permanente do Irã na ONU negou hoje as acusações de Israel, que denunciou a intercepção de um navio com bandeira da Antígua que supostamente transportava armamento iraniano para os libaneses xiitas do Hisbolá.

Segundo a agência de notícias local "Isna", o representante iraniano afirmou na sede da ONU que a denúncia não é mais que "uma manobra para desviar a atenção da opinião pública mundial do relatório Goldstone", que denuncia os supostos crimes de guerra de Israel em Gaza.

"Esta não é a primeira vez que o regime sionista faz este tipo de alegações", diz uma nota da representação iraniana.

"O Irã a refuta plenamente e acredita que é uma manobra de distração para evitar as consequências do relatório da ONU sobre os crimes israelenses em Gaza aprovado de forma unânime pelos membros de Nações Unidas", acrescenta o texto.

O relatório Goldstone analisa os 23 dias da ofensiva israelense contra Gaza na virada do ano. Os confrontos mataram 1.400 palestinos, em sua maioria civis, segundo dados recolhidos em hospitais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h30

    -0,21
    3,166
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h34

    0,21
    68.501,69
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host