UOL Notícias Notícias
 

14/12/2009 - 14h19

Apuração final concede 44,05% dos votos a Piñera no Chile

Santiago do Chile, 14 dez (EFE).- O candidato da direita chilena, Sebastián Piñera, obteve 44,05% dos votos no primeiro turno das eleições presidenciais realizadas no domingo, seguido pelo governista Eduardo Frei, com 29,60%, segundo a última apuração oficial, divulgada hoje.

O subsecretário do Interior, Patrício Rosende, informou os últimos resultados das presidenciais, que serão definidas em 17 de janeiro, em um segundo turno no qual Piñera e Frei se enfrentarão.

Em terceiro lugar, ficou o candidato independente Marco Enríquez-Ominami, com 20,13% dos votos, seguido do representante da esquerda extraparlamentar, Jorge Arrate, com 6,21%.

Estes resultados correspondem à apuração de 34,133 mil mesas eleitorais, que equivalem a 99,42% das constituídas no Chile, onde a inscrição é voluntária e o voto obrigatório, sob pena de multa.

No total, foram apurados 7.221.888 votos, dos quais 6.937.519 foram válidos (96,06%), enquanto 199.355 foram considerados nulos (2,76%) e 85.014 foram em branco (1,17%).

Um total de 8.285.186 de chilenos estava convocado neste domingo a depositar seus votos em 34,348 mil mesas instaladas em todo o país para escolher o presidente para os próximos quatro anos, que sucederá Michelle Bachelet.

Além disso, renova-se a metade do Senado, de 38 membros, e toda a Câmara dos Deputados, de 120 cadeiras.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host