UOL Notícias Notícias
 

19/12/2009 - 10h08

Políticos recorrem à bruxaria e à magia negra pelo poder no México

Julián Rodríguez Marín.

México, 19 dez (EFE).- Alguns presidentes mexicanos e atuais dirigentes políticos como Beatriz Paredes, o governador de Veracruz, Fidel Herrera, e o ministro de Segurança, Genaro García Luna, recorrem à magia e aos bruxos para conquistar poder político, disse hoje à Agência Efe o escritor e jornalista José Gil Olmos.

Em seu novo Livro "Los brujos del poder 2", pela editora Random House, Gil revelou os costumes dos políticos que apelam ao esoterismo e as forças sobrenaturais para retirar de seu caminho adversários e inimigos, assim como conseguir suas metas pessoais "custe o que custe".

Em seu primeiro livro "Los brujos del poder 1", Gil descreveu as andanças e peripécias com bruxos, feiticeiros e apózemas de Marta Sahagún, mulher do ex-presidente Vicente Fox, assim como de Elba Esther Gordillo, líder vitalícia do sindicato de professores do México, a maior sindicalista latino-americana.

Gil contou que neste segundo livro relata como a atual presidente do Partido Revolucionário Institucional (PRI), Beatriz Paredes, recorreu ao bruxo Wenceslao Flores Xala, conhecido como "El Gato Negro", para que com um feitiço pudesse superar "as más vibrações" e recuperar o poder político.

O autor contou como o bruxo que atendeu a Paredes a levou a um "lugar sagrado" em uma floresta próxima a Catemaco, no estado de Veracruz, no Golfo do México, onde realizou um feitiço de magia negra e invocou aos "espíritos dos grandes homens" para que a ajudassem a alcançar o poder que tanto desejava.

Além disso, Xala afirmou ao autor que rezou à Santa Morte para reforçar os planos políticos da atual líder nacional do PRI.

"Levei-a ao meu templo e aí realizamos o rito, sacrifiquei uma galinha preta e fiz as invocações necessárias", disse o bruxo a José Gil.

O feiticeiro explicou que as invocações duraram nove dias consecutivos para que Beatriz Paredes tivesse poder e sabedoria para enfrentar seus inimigos.

O bruxo considerou que o cargo atual e o poder que ostenta Paredes é resultado da intervenção de sua magia.

Gil destaca que o livro mostra que a classe política "é muito inculta e em momentos de crise como o atual cresce o misticismo e esoterismo".

Entre os outros personagens que desfilam pelo livro está o atual ministro da Segurança Pública federal, Genaro García Luna, quem, afirmou Gil, cada vez que sai de alguma missão faz uma encomenda ao "Ángel da morte", uma figura que, segundo o autor, tem em um altar instalado em seu escritório junto com outra da Santa Morte.

Um personagem que desponta como forte adversário para as eleições presidenciais de 2012 é o atual governador do estado do México, Enrique Peña Nieto, quem, segundo o autor, confia em uma profecia de uma vidente que previu há décadas que um membro do povoado de Atlacomulco, ao qual ele pertence, se transformaria em presidente.

Entre os obstinados fiéis no ocultismo e nos bruxos está o governador de Oaxaca, Ulises Ruíz, quem foi assessorado por dois bruxos durante a crise política em seu estado em 2006 pelo movimento da Associação Popular dos Povos de Oaxaca (APPO), que manteve cercado o centro da capital durante quase seis meses.

Uma das povoações mais conhecidas como sede é Catemaco, no estado de Veracruz, lugar por onde passaram a maioria dos políticos e funcionários de diversas posições ideológicas como Carlos Salinas de Gortari, José Córdoba Montoya, Pedro Aspe, Beatriz Paredes, Cuauhtémoc Cárdenas e Andrés Manuel López Obrador.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host