UOL Notícias Notícias
 

05/01/2010 - 16h50

Fayyad se compromete a acabar com venda de produtos de colônias judaicas

Jerusalém, 5 jan (EFE).- O primeiro-ministro da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Salam Fayyad, se comprometeu hoje a acabar com o comércio nos territórios palestinos de produtos elaborados nas colônias judaicas da Cisjordânia ocupada.

"Limpar os mercados de produtos dos assentamentos é uma responsabilidade coletiva e devemos unir nossos esforços para continuar com esta campanha", disse Fayyad, antes de participar de uma queima destes produtos na cidade de Salfit, próxima a Nablus, informou a agência de notícias "Ma'an".

Os produtos queimados tinham sido confiscados em caminhões e lojas cisjordanianas, nas quais teriam sido vendidos a consumidores palestinos.

A compra de produtos elaborados nas colônias prejudica o projeto nacional palestino de acabar com a ocupação e estabelecer um Estado palestino, afirmou Fayyad.

O primeiro-ministro da ANP acrescentou que é prioritário fortalecer as indústrias palestinas para que os produtos locais possam substituir os dos colonos judeus, não só nos mercados palestinos, mas também nos internacionais.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,21
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host