UOL Notícias Notícias
 

07/02/2010 - 23h02

Mesas eleitorais fecham na Costa Rica

San José, 7 fev (EFE).- A Corte Suprema de Eleições (TSE) da Costa Rica fechou hoje às 18h (horário local, 22h de Brasília) as 6.617 mesas de votação abertas nas sete províncias do país, para as quais foram convocados 2,8 milhões de cidadãos para escolher o presidente e 57 deputados do Congresso.

Segundo o TSE e os observadores internacionais, a jornada eleitoral transcorreu com tranquilidade e sem serem reportados fatos violentos nem denúncias de anomalias graves nos centros de votação.

Nas últimas horas o ambiente ficou quente nas ruas da capital, que se abarrotaram de veículos e pessoas identificadas com os diferentes partidos, da mesma forma que aconteceu nos centros de votação, especialmente no final da tarde.

Após o fechamento dos centros de votação, os membros das juntas eleitorais começarão a contar os votos e espera-se que aproximadamente às 20h local (0h de segunda-feira em Brasília) o TSE publique os primeiros resultados oficiais, possivelmente com 10% das mesas apuradas.

Laura Chinchila, do governista Partido Libertação Nacional (PLN), partiu como favorita nas pesquisas, seguida por Otto Guevara, do direitista Movimento Libertário, e Ottón Solís, do centro esquerdista Partido Ação Cidadã (PAC).

Também aspiram à Presidência outros seis candidatos de partidos minoritários.

O candidato ganhador deve obter um mínimo de 40% dos votos válidos para evitar ter de ir, com o segundo mais votado, para um segundo turno eleitoral definitivo que, se for necessário, seria realizado no primeiro domingo de abril.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host